Logo Loading

Enter your keyword

Biossegurança

biosseguranca-no-brasil-como-esse-sistema-e-aplicado-6

São ações voltadas para a prevenção, minimização ou eliminação de riscos inerentes durante o atendimento odontológico.

É responsabilidade do Cirurgião-Dentista a orientação e manutenção da cadeia asséptica por parte da equipe Odontológica e o cumprimento das normas de qualidade e segurança.

Aqui na Sorriso e Saúde adotamos um protocolo de biossegurança, no qual o Dentista e a Auxiliar lavam as mãos antes e após calçarem as luvas. Usa-se gorro, máscara, óculos, luvas e jalecos para proteger o nosso paciente e nos proteger perante qualquer risco à infecção.

QUAIS RISCOS CORRO DURANTE O TRATAMENTO ODONTOLÓGICO?

Corre-se o risco de contaminação durante o atendimento, pois o consultório odontológico é um ambiente altamente contaminado seja por bactérias vindas da boca do paciente, pelas mãos dos cirurgiões dentistas e assistentes, por sangue e ou saliva do paciente ou pelos instrumentos e equipamentos contaminados. É uma atividade que expõe os pacientes, a equipe, o próprio cirurgião dentista e indiretamente seus familiares às mais diversas doenças infecciosas.

COMO EVITAR ESTES RISCOS?

Esses riscos são controlados por protocolos de biossegurança desenvolvidos pela nossa Equipe Sorriso e Saúde. Contamos com duas auxiliares de saúde bucal que realizam a desinfecção de todos o consultório entre os atendimentos, inclusive do chão e barreiras nas quais o dentista encosta. Os profissionais de odontologia, auxiliares e funcionários também devem estar com suas vacinações em dia.

QUAIS DOENÇAS POSSO PEGAR NUM ATENDIMENTO ODONTOLÓGICO?

Doenças causadas por:

Vírus: Catapora, Hepatite B, Hepatite C, Conjuntivite Herpética, Herpes Simples, Herpes Zoster, Mononucleose Infecciosa, Sarampo, Rubéola, Parotidite, Gripe, Papilomavírus Humano, Citomegalovírus e HIV.

Bactérias: que levam a Pneumonia, Infecção por Estafilococos, Estreptococos, Pseudomonas, Klebsiella, bacilos como o da Tuberculose.

Fungos: mais comumente associado à Candidíase.

Como as ASBs realizam a desinfecção dos materiais que vão em minha boca?

Os materiais são recolhidos dos consultórios e conduzidos a central de esterilização. Neste local passam por um processo de lavagem automatizada em cuba ultrassônica com detergentes enzimáticos. Logo após procede inspeção e lavagem manual, sendo secos e embalados para só então serem esterilizados em autoclaves que chegam aos 132°C.

Quem são as Auxiliares em saúde bucal e qual a função delas?

São colaboradores que realizam o auxílio durante as consultas, antes e após elas. São elas que recolhem, lavam e esterilizam todo o material utilizado durante o atendimento. Elas possuem um curso específico para este fim e tem um registro perante ao Conselho Regional de Odontologia, assim como o Cirurgião-Dentista, o CRO. É muito importante o trabalho realizado, pois assim mantemos nossa Clínica organizada e a correta cadeia asséptica, assegurando nossa biossegurança.

Central de esterilização

Contamos com uma sala específica para lavar, secar e esterilizar nossos materiais, onde passam por uma criteriosa desinfecção. Temos auxiliares em saúde bucal capacitadas e devidamente orientadas.

CONSCIÊNCIA AMBIENTAL

O lixo após o procedimento de cada paciente é descartado em uma lixeira específica contaminada e não deve ser misturado com o lixo recolhido comumente:

O descarte de películas de raio x, películas de chumbo e líquidos radiográficos, bem como materiais pérfuro-cortantes são descartados e recolhidos por uma empresa especializada em lixo contaminado.
Nossa Clínica tem consciência que, cada um fazendo o melhor, transformaremos nosso planeta em um lugar ecologicamente correto.

Faça sua parte e fiscalize o seu dentista, esteja seguro para seu melhor atendimento.

Fonte: www.odontobio.kit.net